terça-feira, 10 de novembro de 2015

Acampamento Selvagem - Parte 2

Olá novamente pessoal, primeiro devo agradecer as mais de 5.000 visualizações do blog e a atividade contínua de vocês nele (não passa 1 dia se quer sem ter nenhuma visualização! E vamos hoje continuar aquela postagem do acampamento selvagem. Eu havia falado sobre acampamento selvagem ligado ao Bushcraft, e agora vou falar ao ligado mais no sobrevivencialismo!



Bem, as prioridades básicas são relativamente as mesmas, 1º água, 2º abrigo, 3º fogo, 4º alimento. Mas dessa prática levam a dois ramos, o que você procura recursos e o que você vai para descansar!




No primeiro, que você procura recursos, é basicamente a versão do acampamento de bushcraft mas que você tem mais equipamentos, como já tem a barraca, provavelmente tem muitos itens de caça e pesca, iluminação, e mais itens para guardar água e purificar do que só pelo fogo, então você irá cansar bem menos do que no do bushcraft, mas mesmo assim ainda irá aproveitar, e bem o passeio. Também é uma boa opção de treinamento para fazer o acampamento de bushcraft, é só ir levando cada vez menos equipamentos, e deixar só o necessário e que você realmente vai usar!



A segunda, é um acampamento só de lazer, você vai, leva sua barraca e tudo o que irá precisar no tempo que ficar lá, comida, água, abrigo, tudo mesmo, e passa uns dias lá relaxando, trocando idéias, comendo comida da fogueira, resumidamente, quase sem esforço nem prática, apenas diversão mesmo. Eu recomendo essa prática pra tirar o stress, descansar bem e até mesmo pra quem quer ir aprendendo é uma ótima opção!


Mas Léo, o que eu devo levar?
Nesse tipo de acampamento eu não tenho como falar, os equipamentos servem pra facilitar sua vida, eles dependem muito da região em que você vive, do clima, relevo, do que você quer fazer (trilha, camping, etc.), não tem como passar um guia universal de equipamentos, mas uma idéia para organizar o equipamento seria por classes:
. Lâminas (as facas, machadinhas, canivetes, o que você achar que deve levar de lâmina)
. Roupas (novamente, ir pelado não é uma boa, vale lembrar...)
. Fogo (leve equipamentos para fazer fogo e iscas)
. Água (filtrar, purificar e transportar)
. Abrigo e calor (Barraca ou rede, saco de dormir, toldo, isolante, etc. Você quem escolhe)
. Kit de 1º Socorros
. Comunicação (celular, rádios, é bom sempre ter à mão)
. Localização (lanterna, bússola, mapa, etc.)
. Kit de Higiene (não preciso nem falar...)
. Itens em geral (Cordas, multi-tools, entre outros)




Então pessoal, a publicação acaba por aqui, não se esqueça, de compartilhar o blog para que mais pessoas vejam. Agora vou tentar cumprir uma meta de 1 publicação por semana para tentar agradar vocês, só não posso prometer o dia...  Espero que tenham gostado!
Dúvidas, sugestões, correções ou qualquer outra coisa não hesitem em comentar!


Obrigado.

terça-feira, 28 de julho de 2015

Acampamento Selvagem - Parte 1

Olá pessoal, voltando aqui com mais uma publicação depois de um tempinho parado, me desculpem por isso. Bem o assunto de hoje é sobre Acampamento Selvagem, como foi pedido por um dos leitores do blog a um tempo.

O acampamento selvagem pode ser feito de duas maneiras:

O com poucos equipamentos (mais ligado ao bushcraft)


E o que usa (nem sempre muito, porém mais) equipamento (mais ligado ao sobrevivencialismo)


Vou tentar exemplificar cada um:

O acampamento selvagem mais estilo bushcraft é quando a pessoa que vai acampar leva uma bolsa com poucos itens, apenas os mais básicos e que são realmente necessários, alguns que possuem mais experiencia e conhecimento vão apenas com a roupa do corpo, ou se você for um doido, ir acampar pelado e sem nada em uma ilha no atlântico por 60 dias mais isso eu não recomendo nem se você for o Rambo, bem esse acampamento consiste em conseguir os 4 recursos básicos para sobrevivencia, você tem que conseguir:



1º - Água, ela é o recurso numero 1 em prioridade, já que vivemos poucos dias sem ela (aproximadamente 3), para isso a pessoa que está acampando deve achar meios de obtê-la para isso também deve ter o conhecimento de como achar água POTÁVEL, água corrente, cristalina, sem animais mortos, já é um bom lugar para coletar água, levar itens para filtrar ou ferver também são uma boa, saber onde extrair água de plantas como cipós ou musgos também, coletar água da chuva , água de cavernas geralmente estão limpas pois são filtradas pelas rochas e possuem mais minerais, mas cuidado com  fezes de morcegos e alguns outros perigos em encontrá-las


2º - Abrigo, eu considero-os como o segundo item mais importante em prioridade, pois ele serve para te dar uma segurança extra e protege do frio e/ou da chuva até por que ficar molhado em um acampamento selvagem desse estilo não é nada bom. Eles podem ser feitos de diversas maneiras, desde os mais simples aos mais complicados, acampar apenas com toldos ou redes também são comuns nessa prática, se for abrigo de rede ou toldo eu nem preciso explicar como se faz, agora se for abrigo natural você tem a opção de construir o seu baseado no local onde está e baseado nos materiais que tem e nos animais da região, e também tem a opção de adaptar algum local para passar a noite, como fazer um quebra vento com rochas ou dormir em uma caverna, depende do local.



3º - A terceira prioridade é fogo, esse recurso é muito importante para você poder se alimentar melhor, para purificar água e até aquecer, esse recurso é precisos mas dependendo da localização, clima e dos materiais disponíveis pode ser muito difícil obtê-lo, se levar um isqueiro provavelmente ficará mais fácil, se levar iscas de fogo, pederneiras, etc. tudo depende de como você vai fazer, mas se prefere fazer com pederneira ou com fricção tenha PRÁTICA E CONHECIMENTO, não ache que só por que você viu fulano fazendo que é fácil e você vai chegar lá e fazer de primeira tranquilinho, teoria e prática tem que trabalhar juntas para essa situação!



4º - Comida, esse recurso apesar de ser o último não é pouco importante. Sem comida nós duramos 30 dias, mas aproximadamente do dia 13 ao 30 você já vai estar quase sem energia para mais nada e num acampamento selvagem isso não é muito bom. A comida pode ser obtida de 4 maneiras, você leva, você caça, você pesca ou come as plantas da floresta (desde que você saiba qual é comestível!) existem muitas maneiras de obtê-las, um kit prático de pesca ajuda bastante, conhecimento para fazer armadilhas e estudar a flora da sua região também podem salvar sua vida!



Agora vem a parte dos equipamentos, quais o pessoal geralmente levam, eu vou tentar explicar, lembrem-se que esse é apenas um modelo e que você deve adapta-lo!

- Faca de caça (faca comum que todos levam em acampamento)
- Facão ou machadinha (para fazer os trabalhos com madeira)
- Arma para caça (seja arco, espingarda não importa, mas essa é opcional!!!)
- Barraca, rede e/ou toldo (também são opcionais por que esse estilo geralmente você faz o abrigo)
- Panelas (a não ser que você seja ninja e faça panelas de barro eu recomendo levar)
- Isqueiro ou pederneira (a menos que você saiba fazer fogo com fricção é bom levar!)
- Corda
- Roupas apropriadas (só se você preferir ir pelado né, mas...)
- Bússola
- Cantil (opcional, tem gente que improvisa, mas eu recomendo levar)
- Isca de fogo (opcional)
- Papel higiênico
- Kit pesca compacto (opcional)
- Kit de primeiros socorros
- Equipamento para contatar pessoas caso dê algum problema!

Essa é a lista, a maioria dos equipamentos são opcionais, tem gente que leva metade disso ai e consegue passar uns dias tranquilo, mas obviamente eles têm E-X-P-E-R-I-Ê-N-C-I-A, então, se você entrou nessa agora nem pense em ir só com uma faca feita de osso completamente nu na amazônia que você não vai voltar mais.

Essa foi a parte 1 desse post, espero que vocês tenham gostado, não esqueçam de compartilhar para que mais pessoas tenham acesso ao blog, não esqueçam de comentar ali em baixo que eu respondo!

Obrigado.







sexta-feira, 19 de junho de 2015

Tecnologia e os equipamentos, útil?

Olá pessoal, bem vindos ao blog Bandeira Preta Sobrevivência. E hoje trataremos de um assunto muito importante: A Tecnologia no Sobrevivêncialismo e no Bushcraft.

Quando se fala em tecnologia é comum as pessoas pensarem apenas em celulares, computadores, GPS, enfim em aparelhos eletrônicos, mas a tecnologia não é só isso, aquelas calças que conseguem ser impermeáveis e a são extremamente resistentes à danos, ou aquela faca com aço que quase não enferruja (inox), a sua espingarda ou seu arco, com uma precisão e força assustadores, então, isso é a tecnologia, ela transforma e melhora os itens.



Primeiramente vamos começar falando dos aparelhos eletrônicos:
Um dos efeitos da tecnologia foi criar itens mais precisos que fazem mais funções e mais rápido, portanto, diversos aparelhos foram inventados e melhorados para trilhas, campings, pesca, caça e tudo o que pensar. Os eletrônicos podem substituir diversos itens em sua mochila por exemplo: um GPS já estaria substituindo uma bússola, um mapa e um caderninho com lápis para anotar as informações do trajeto entre outros além de dar uma informação bem mais detalhada do que muitos mapas (apesar de existirem mapas extremamente bem detalhados e bem feitos), as rações militares ou comidas enlatadas, os celulares que podem ajudar na comunicação caso de algo errado, radares para detectar animais ou pessoas, filtros de água que conseguem segurar 99,9% das impurezas, entre outros. Mas agora pense bem, você está no meio de uma mata, guiado pelo seu GPS de última geração, acampando, usando seu celular que milagrosamente tem sinal, jogando tranquilamente nele, acendendo seu fogo com álcool e nem olhando como ele está, bebendo água com seu super canudo à prova de tudo, esperando pra aquecer sua super feijoada enlatada, daí de repente o seu GPS cai na água e pifa, seu celular acaba a bateria, sua fogueira apaga porque você não olhou direito, você esqueceu a comida em casa e seu canudo, só Deus sabe onde foi parar, você não sabe nem se quer onde está, e aí amigo, o que vai fazer? A tecnologia é boa, mas as coisas podem (e se puderem vão) dar errado, então ter uma segunda via para tudo é sempre uma ótima opção, pense se o fulano acima tivesse uma bússola e um mapa extra, pronto, já não estaria perdido, se ele tivesse uma pederneira e soubesse acender a fogueira sem álcool? Pronto, já estaria aquecido e poderia preparar a comida. E se ele soubesse fazer armadilhas ou levasse itens para caçar ou pescar? Pronto, já teria comida. E se ele levasse panelas para ferver a água na fogueira? Pronto, já teria água. Enfim, eu quero dizer que esses itens ajudam sim, são bons e tudo mais, porém temos que saber fazer as coisas do modo mais rústico também. E se irmos à situações maiores como pani por ondas solares que acabam com os equipamentos eletrônicos?




Agora iremos falar da tecnologia em armamentos e em utensílios mais simples como lanternas, roupas, barracas e outros utensílios que são melhorados constantemente por exemplo:
Armas de fogo ou de pressão (como as de chumbo) sofrem atualizações constantes e são cada vez mais melhoradas, os arcos também, cada vez tem cordas mais fortes e atiram mais longe e mais forte,  hoje já existem armas que entram na água, podem passar por frio intenso, e diversas situações que funcionam normalmente, miras, lanternas, lasers, cada vez mais potentes, barracas que aguentam ventos fortíssimos, sacos de dormir que esquentam em temperaturas abaixo de 0, coturnos e botas impermeáveis e ultra resistentes, roupas que protegem até de temperaturas extremas, veículos que conseguem correr extremamente veloz, coletes que param balas de diversas armas, enfim, essas tecnologias são extremamente benéficas, quase não tendo desvantagens e com risco de falha também baixíssimo, apesar de terem geralmente altos custos, mas podem ajudar e muito em qualquer atividade!




Em resumo, tecnologia é útil na sobrevivência? Sim, ela potencializa os itens os aprimora, mas sempre é bom sabermos fazer as coisas "à moda antiga"


Bem pessoal, essa é a publicação de hoje, espero que tenham gostado, apesar de curta e rápida ela exprime bem a função da tecnologia hoje nos nossos equipamentos. Não esqueçam de comentar aí em baixo e compartilhar!


sábado, 16 de maio de 2015

Residencia auto-sustentável, o melhor meio de sobreviver...

Olá pessoal, primeiramente quero pedir imensas desculpas pela demora, mas esses nesses últimos dias foi realmente difícil de conseguir postar; mas hoje voltaremos com tudo, começando com o tema: Residencia Auto-sustentável!


A casa auto sustentável parece um "bicho de sete cabeças" mas acaba sendo algo muito legal de se planejar, ela tem que atender uma série de características deixando-na muito melhor que uma casa comum para morarmos. Se olharmos direito, as casas são como abrigos, porém muito mais complexos e que atende a maior parte de nossas necessidades, mas como não deixa de ser um abrigo, sua função principal é nos proteger enquanto nos traz conforto, porém essa não é a necessidade básica de uma casa auto sustentável! Esse tipo de residencia deve possuir os seguintes quesitos:

- Segurança muito boa
- Produzir o próprio alimento
- Coletar água
- Produzir energia
- Sistema de ventilação e entrada de luz
- Armazenar alimento e itens necessários

A seguir falaremos mais especificamente sobre cada um!


1º - Segurança:
Bem, uma casa auto sustentável deve ter uma segurança muito poderosa, para evitar prejuízos futuros portanto deve seguir mais ou menos o esquema de um forte, eu sei que vocês podem pensar: "Um forte? Se tá loco cara?", mas não eu não estou louco, uma fortaleza define muito bem o conceito de segurança, muros, vigilância, iluminação e defesa interna, e uma casa bem segura precisa dessas mesmas coisas porém com uma certa ajudinha da tecnologia!
- Muros: ter muros altos não é o suficiente, pessoas pulam muros, então certifique-se de colocar mais defesa em seu muro, colocar pregos, ouriços e cerca elétrica juntos podem começar a fazer o invasor pensar melhor antes de invadir sua casa, lembre-se também, não faça um muro fácil de ser escalado como os muitos que vejo por ai, deixe seu muro liso!
- Vigilância: câmeras muito bem posicionadas do lado de fora e de dentro do muro vão intimidar e muito o invasor, não se esqueça de coloca-las por todo perímetro residencial e dentro da casa!
- Iluminação: ta aí algo que os invasores não gostam: Luz! eu sei que podem gastar energia, mas colocar luzes no muro próximo às câmeras e iluminar pontos táticos internamente vão deixar o invasor sem esconderijo, desestimulando-o cada vez mais!
- Espinhos: Sim, os velhos e bons arbustos e cactos colocados encostados ao muro podem deixar a queda ou a escalada do invasor bem mais dolorida!
- Cão de guarda treinado: ele irá proteger a casa e será um bom amigo, um cão de grande porte, treinado pode ser de grande ajuda na segurança!
- Portão: coloque um interfone com câmera no portão e coloque um bem forte, lembre-se de não colocar também um muito vazado, quanto mais aberturas, mais eles podem ver sua casa ou arremessar um tijolo na sua cara (acredite, já aconteceu isso!)
- Grades nas janela: janelas protegidas são muito boas também, se ele não tiver por onde entrar, não tem por onde roubar!
- Porta da frente blindada: sim, pode não ser um item muito fácil de conseguir, mas tenha certeza que se um cara conseguir passar por todas as defesas anteriores a porta e não conseguir arrombá-la, será a coisa mais frustrante que ele já terá feito na vida!
- Armas: ter uma arma pra se proteger dentro de casa vai te ajudar muito, e eu não estou falando que você precisa ter uma .50 não, uma besta, espada, taser, lança, qualquer coisa que possa te defender, e quanto mais pessoas da casa usarem essas armas, mais ferrado está o invasor!
- Celulares em locais táticos: já viu aqueles casos de bandidos que entram nas casas e as pessoas acabam em banheiros ou outros locais, então, imagine se eles tivessem um celular escondido lá pra poderem ligar pra policia? (lembrando, um celular muito simples de R$80,00 consegue ligar para a polícia tranquilamente, já que a ligação é gratuita e não necessita de crédito nem chip!)

Com todos esses itens, um possível invasor provavelmente já tiraria sua casa da lista, porque as chances de fracasso são enormes!




2º - Produzir o próprio alimento:
Esse quesito também é um dos mais importantes, até porque, se uma fortaleza se fechar e não produzir comida, seu povo morre de fome! Ter uma boa plantação no seu quintal pode ajudar muito, e quem diz não ter espaço no quintal está muito enganado, você pode fazer uma série de plantações alem do que, você pode chamar algum pedreiro que arranca o piso do quintal e pronto, você tem terra.
- Plantação: você pode plantar uma série de verduras, legumes, frutas e temperos no quintal, uma bananeira ali, uma jabuticabeira acolá, uma laranjeira logo ali, pendurando garrafas no muro ou usando canos, bambus, etc., você poderá plantar muitas coisas nele. Use a criatividade, se plantar em todos os locais possíveis com certeza logo terá muita comida; uma horta, legumes em volta do muro, arvores frutíferas nos cantos, e se em vez do seu jardim você fizesse uma plantação? Com certeza seria mais útil, porém dá trabalho, mas com a colaboração dos membros da família, o trabalho sai bem feito (que tal colocar a criançada pra ajudar, com certeza eles gostarão!)
- Criação: obviamente que na cidade você não pode criar vacas nem nada do tipo, mas se pensarmos direito, quem sabe um tanque de peixes que não seja tão grande? Um galinheiro? Criar coelhos? Existem uma série de animais de pequeno porte fáceis de se criar em casa, mas lembre-se, regularize tudo e limpe sempre para não ter problemas!

Se sua casa produzir pelo menos 75% do alimento que consomem vocês já sobreviveriam um bom tempo sem depender de ninguém! O ideal é 100% de independência, mas isso é muito difícil, só que devagar você consegue chegar lá, tem que usar a cabeça!


3º - Coletar água:
Seguindo o mesmo principio do forte, se você se fechar precisará de água também, portanto é muito bom ter maneiras de consegui-la:
- Coletando pela chuva: um sistema que coleta a água da chuva e filtra, bem planejado e bem montado, com certeza vai trazer muita água, colocando uma série de adaptações e muitos reservatórios você terá água pra tudo que precisar
- Poço: um poço bem fundo e com um motor bom vai gerar muita água também, sempre que precisar, assim não dependerá da empresa de água de sua cidade, mas lembre-se de não usar da energia da cidade, pois se ela falhar você fica sem!
- Caixas d'água: quanto mais caixas d'água, mais água armazenada!
- Economize!

Tendo toda essa água disponível você vai ter como fazer tudo na sua casa tranquilamente, principalmente caso algo aconteça e o abastecimento de água cesse.



4º - Produzir energia:
Continuando no conceito de um forte, de que adianta você se fechar e não ter energia? Criando uma série de adaptações pra sua residencia, logo ela poderá criar sua própria energia sem depender nem 1% da do município, ou você pode colocá-las apenas para os itens elétricos mais importantes na casa:
- Placas solares: mesmo sendo caras, se bem posicionadas, elas conseguirão muita energia que pode ser armazenada!
- Gerador eólico: Não, você não vai precisar instalar um daqueles "ventiladores" gigantes no quintal da sua casa pra todo mundo ver, existe uma série de geradores eólicos que são bem discretos e pequenos, que se colocados em locais táticos no telhado não atraem tanta atenção!
- Gerador por combustão: gerar energia queimando gasolina, lenha, ou outras coisa  pode manter sua casa com energia por um bom tempo!


5º - Ventilação e entrada de luz:
Eu sei que esse item parece besta, mas uma boa iluminação da casa e uma boa ventilação, economiza energia e melhora o ambiente, existem hoje portas que são muito seguras, elas abrem para cima e deixam uma porta de vidro que podem ser abertas então, você controla a iluminação e ventilação dos cômodos quando quiser, mas isso pode ser feito de várias formas.





6º - Armazenar alimentos e itens necessários:
Armazenar comida também vai ajudar e muito se você tiver que se fechar pra sobreviver, um estoque bom mantém a família bem alimentada por um bom tempo!
- Armazenar comida: Use várias táticas diferentes, engarrafar os grãos, estocar latas, não importa, vá aumentando seu estoque cada vez mais!
- Armazenar equipamentos: Machados, facas, roupas, sapatos, etc., esses itens são sempre necessários e você vai precisar deles!
- Armazenar itens necessários: gás de cozinha, kit de primeiros socorros, kit de sobrevivencia e essas coisas que podem ajudar caso o "bicho pegue"
- Armazenar armas e munição: independente da arma, sempre estoque ela e munição, você pode precisar!
- Armazenar dinheiro: uma boa quantia em dinheiro pode salvar sua vida caso você seja demitido ou necessite dele!



E essa foi a publicação de hoje sobre residencia auto sustentável, espero que tenham gostado, eu tive que pesquisar muito para poder trazer toda essa informação ao blog. Não se esqueçam de comentar ai em baixo. Obrigado.

~ Leonardo N. Ruiz

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Nomadismo ou Sedentarismo?

Olá pessoal, e hoje, com mais uma publicação: Nomadismo ou Sedentarismo. Eu vejo quase toda semana alguém perguntando em grupos, "Qual é melhor? Nomadismo ou sedentarismo?", a resposta é difícil, pois não é fácil assim, tudo depende da situação ou para que você está se preparando. Eu vou tentar explicar como funciona basicamente cada uma das duas e como fazê-las melhor.




O nomadismo é quando você não tem um local fixo para ficar e tem que se movimentar em busca de alimento, água e um local para se estabelecer por algum período; no nosso caso, seria em uma crise uma pessoa que está em busca desses fatores. Esse meio exige muitas habilidades, equipamentos, inteligencia e força, já que todos os dias você teria que ir atrás de alimento e desviar de possíveis riscos, uma pessoa que quer seguir esse estilo em uma crise tem que ter algumas habilidades como: caça, pesca, fazer fogo, saber quais plantas são comestíveis, ser um bom navegador (usando mapa e bússola), saber montar abrigos, ter boas habilidades de combate (seja corpo a corpo ou com armas de fogo), ser um bom estrategista e ter bons equipamentos para poder sair andando por aí, obviamente existem muitos riscos já que podemos encontrar outros grupos que podem ser inimigos. Se o nômade viajar com um bom grupo pode facilitar e dificultar a situação, já que seriam mais bocas para alimentar, porém mais gente para caçar e defender. Grupos nômades não vivem apenas andando (obviamente), geralmente vão para uma região, ficam lá por um tempo e logo se mudam novamente, o maior problema é achar bons locais para ficar uns dias e topar com inimigos no caminho. Um nômade pode traçar um curso em seu mapa dos locais que irá, quais cidades passará, onde ele acha que vai ter mais mantimento. A vantagem do nomadismo é que você poderá estar sempre mudando e não tem que defender uma região, se o perigo aparecer é só se mudar, quando a comida acabar, é só se mudar, cada dia será uma novidade e uma aventura, e você explorará novos locais sempre.



O sedentarismo é quando a pessoa decide se estabelecer em um local, lá ela não apenas caça e pesca como também cultiva e cria animais. Uma pessoa que quer ir pelo sedentarismo deve ter em mente que precisará de um bom local, que ofereça comida e água e que tenha boa terra para plantio, um sítio  adaptado pode ser uma boa alternativa, juntar-se com um grupo e juntos comprarem um sítio, nele pode-se fazer plantações para subsistência, pesca e obtenção de água através de poços e da extração dos corgos, lagos ou rios, obtenção de energia por roda d'água, eólica, gerador e solar, criação de animais, também é importante que se tenha regiões com mata próximas para que em uma crise se possa caçar, e pegar madeira para lareiras ou outros usos. Esse meio é mais ideal para grupos, já que eles terão que produzir o alimento e em uma pessoa, com maquinas limitadas é um trabalho bem difícil. O sedentarismo também requer muitas habilidades: cultivo, criação, caça, pesca, engenharia básica (para resolver alguns problemas), fazer fogo, e outras habilidades mais, esse meio requer muito mais equipamentos, mas como você teria um local fixo e não precisa ficar andando com eles, não teria problema. A pessoa que opta por ele tem que ter em mente que terá muito trabalho pela frente, construir todo o espaço apropriado no sítio, ter uma forma de energia que não dependa do sistema, ser auto-suficiente em tudo, criar poços para ter água, ter boas armas e um bom sistema de proteção e um grupo para ajudar na defesa do território e nos trabalhos internos, já que obviamente outros grupos irão querer suas terras. A vantagem do sedentarismo é que você pode proteger bem mais seu território (com torres de observação, cercas, pessoas) e terá uma certa garantia de que sempre terá comida e energia, dando-lhe um conforto a mais. Uma pessoa que está estabelecida em um local também pode estocar alimentos, ter um plano de evasão, aumentar o grupo tranquilamente pois é só irem, pegando novas terras e fazendo uma nova "cidade", além de que você terá uma boa cama para descansar de noite.
  



Bom, já exemplifiquei os dois e espero ter ajudado para que você decida qual irá preferir, tudo depende de vários fatores, tipo de crise, disponibilidade financeira e mais algumas outras coisas.
 Espero que tenham gostado, não esqueçam de deixar comentários aqui em baixo para que discutamos o assunto.











domingo, 29 de março de 2015

Tipos de armas

Olá pessoal, hoje estou de volta (após um tempinho de inatividade...) para mais uma postagem, falando agora das categorias de armas e suas diversas funções.
Eu farei diversas classificações para facilitar, e vou começar pelas categorias mais "simples" às mais "complexas".




ARMAS BRANCAS:
Dentro dessa classe eu dividi em outras subcategorias para poder exemplificar melhor cada uma, mas antes vamos ao conceito geral: De acordo com a Wikipédia, "designa-se arma branca um objeto que possa ser utilizado agressivamente, para defesa ou ataque, mas cuja utilização normal é outra, geralmente para trabalho", mas existem algumas armas brancas que são realmente feitas para matar, como por exemplo a maioria das armas orientais, o soco-inglês, então nós podemos definir arma branca como um objeto tecnicamente simples (em comparação com as armas de fogo) que é feito para luta ou uma ferramenta adaptada à esse uso. Bom, então a partir do conceito de armas brancas podemos ver que ela é um conceito bem geral abrangido diversos itens, ela é dividida em algumas classes como: cortantes (navalha de barbeiro), perfurantes (chave de fenda), contundentes (taco de beisebol, marreta), perfurocortantes (perfuram e cortam, ex. faca), corto-contundentes (esmagam e cortam, ex. machado), perfuro-contundentes (perfuram e esmagam), ex. picaretas) e perfurocortocontundentes (cortam, furam e esmagam, ex. facão e espadas). Mas essa é apenas a classificação definida através do tipo de dano, agora segue a minha classificação. Obs.: Eu não considerei as armas de defesa pessoal comuns como arma branca, pois a função dela já é para defesa e a o conceito de arma branca não diz isso.





1º - ARMAS BRANCAS DE CURTO ALCANCE COMUNS:
As espadas, facas, facões, canivetes, machados, foices, martelos, picaretas, lanças, adagas, soco- inglês são as armas brancas mais comuns, elas foram muito usadas no passado e ainda hoje, elas oferecem um grande poder de ataque, por isso são as mais comuns, podemos usá-las como quisermos, com mais tática, levando canivetes táticos bem discretos no bolso ou cintura por exemplo ou até abusarmos mais um pouco guardando alguns machados de guerra ou espadas em casa (só não vá sair na rua com eles...), tudo depende de como você pretende usá-los, como são itens bons e de fácil acesso você pode montar diversos esquemas de defesa com eles, tanto domiciliar quanto pessoal.

2ª - OUTRAS ARMAS BRANCAS DE CURTO ALCANCE:
Essas armas são aquelas que você não acha tão comumente por aí, mas pode ver que são muito boas, como as bengalas de lâmina, estrepes, kusarigamas, kunais, ranseurs, maças, manguals, leques (armas), falciones, e muitas outras, elas são geralmente orientais, e tem usos muito bons, com poder cortante, perfurante e contundente muito forte, se perceber, essas armas são mais táticas e muitas são atribuídas aos ninjas e hashashins, com elas podemos fazer diversos planejamentos para muitos tipos de ocorrencias, seja lá o que você tenha em mente, desde assassinar ocultamente alguém até defender sua casa, as opções são muitas.




3º- ARMAS BRANCAS DE LONGO ALCANCE:
Sendo essas: Zarabatanas, arcos, bestas, shurikens, e eu considero as armas de chumbo, até porque, o conceito de arma de fogo não bate com as armas de chumbo, uma vez que "Uma arma de fogo é um artefato que lança projéteis em alta velocidade através de uma explosão", Essas armas também são muito populares e em sua maioria foram usadas frequentemente no passado tanto em guerras quanto para caça, tendo uma dessas em casa você pode se defender muito bem e caso ocorra alguma crise pode usá-la para caça e defesa, além de a maioria ser acessível.




ARMAS DE DEFESA PESSOAL COMUNS:
Taser, sprays de pimenta, tonfas táticas, canetas táticas, soco-inglês, canivetes e algumas adagas, etc., essa classe define aqueles equipamentos que podemos usar no dia-a-dia mais tranquilamente (com exceções) eles fazem a defesa de um cidadão comum, geralmente contra bandidos, mas podem ser usadas para caso ocorra uma invasão ou sequestro, garantem uma segurança média, mas podem ser invalidados facilmente, caso o mal feitor possua uma arma de fogo por exemplo; e se forem usadas com treinamento podem ter sua utilidade quase triplicada, existe uma gama de artes marciais que ensinam a defesa pessoal com esses itens.



ARMAS DE FOGO:
Como eu já apresentei o conceito de arma de fogo acima. As armas de fogo jão estão divididas em classes, pelo tipo (revolveres, pistolas, rifles, shotguns, sub-metralhadoras, etc.) ou por uso (arma primária, secundária, etc.) elas tem diversas funções, desde abater um simples animal até destruiur um tanque de guerra, mas nós só temos acesso as mais simples, a menos que você compre ilegalmente o que eu não recomendo de jeito algum, existem uma gama de armas legais (permitidas), que são realmente muito poderosas, se estudarmos cada uma e procurar nos informar, poderemos comprar armas ótimas que defenderão sua vida e seu patrimônio muito bem, só não esqueça de treinar, ter tudo regularizado e consciência.




BOMBAS E LANÇADORES:
Apesar desses itens causarem uma polêmica devido sua força eu acho eles extremamente bons, granadas, bombas de fumaça, etc. elas tem um poder muito grande mas é muito difícil consegui-las (e nem todas são disponíveis), mas existe a opção caseira, existem diversos sites que ensinam a fazer molotov, bombas de fumaça, entre outros, mas obviamente esses itens só seriam usados em situação de crise com necessidade extrema de defesa do patrimônio ou da sua vida mesmo, porque se você sair arremessando molotov na rua vai ter um probleminha...






E essa pessoal foi a postagem de hoje, espero que vocês tenham gostado, por favor, compartilhem a publicação para que o blog cresça, não esqueçam de comentar aí em baixo, muito obrigado e até a próxima!

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Bushcraft moderno VS. Bushcraft primitivo VS. Bushcraft semi-medieval

Novamente olá pessoal, hoje eu venho até vocês com dois tipos de modos de bushcraft, o antigo e o atual!





O nosso bushcraft atual é composta por uma série de itens cada vez mais diversificados, mais potentes, mais leves, porém, hoje costumamos levar muito mais coisas do que as pessoas do passado levavam, nos kits atuais, e as vezes isso vai nos "arrancando" algumas habilidades... nós precisamos de muitas coisas a mais, já que estamos vivendo em um ambiente mais complexo; Um exemplo disso são os kits complexos como: E.D.C., B.O.B., Kit (12/24/48/72) hrs entre outros na preparação e sobevivencia, as armas apesar de serem bem mais fortes usam munições maiores, são mais pesadas e não é fácil de conseguir munições, além do peso para carregar tudo, as roupas, além de protegerem mais, se camuflam bem ao ambiente, as facas estão cada vez mais duráveis, utilização de eletrônicos que nos fornecem mais informações sobre as coisas ou facilitam os trabalhos cresce a cada dia, ou seja, nós estamos evoluindo esses equipamentos para uma vida mais tática e assim sair de crises mais facilmente.






O sobrevivencialismo medieval consiste em algo bem mais simples mesmo, seria: roupas (de couro e que protegem muito bem), cantil (de couro), pederneira, uma faca boa, uma espada ou uma adaga, um arco, um pouco de comida, flechas, etc., ou seja, o medieval foca apenas no que você realmente necessita para viver: calor e transporte, água, fogo, etc.. 






Para que vocês possam entender mais sobre o bushcraft primitivo, eu vou exemplificar um kit medieval que vi há algum tempo atrás:
Roupas: calça e camiseta (de preferencia feitos por você e que sejam fortes), colete de couro, bota de couro, cinto, embornal de couro, pequenos bolsos anexáveis ao cinto também de couro e a luva de couro.
Ferramentas: Um cantil de couro, faca de caça (de preferencia artesanal), facão e/ou machadinha, pederneira, arco e flechas, cordas, talheres de madeira, sal e açúcar, mapa, lampião.







Agora o bushcraft semi-medieval: ele é uma adaptação do medieval, para trazemos os itens medievais só que com ferramentas atuais, ex.: em vez de um cantil de couro, um cantil de metal, esse kit serve para levarmos poucos itens ao mato, mas apenas os itens básicos mesmo porém mais modernizados. Eu fiz um kit semi primitivo baseado em um livro que li e agora passo a vocês:

- Roupas: Capa c/ capuz verde; mochila de alça única; coturno/bota; roupas de bushcraft (se preferir calça e camisa camuflada ou não, é com você, mas recomendo aquelas calças meio bege); luvas táticas; cinto tático; braçadeira;
- Ferramentas: Arco e flechas (c/ aljava, arco moderno); faca de caça; facas de arremesso; canivete; machadinha; kit cozinha (panelas, talheres, caneca...); sal; açúcar; corda; martelo; kit higiene; kit 1º socorros; comida (pouca); bússola; lampião LED; mapa; binóculos/ monóculos; papel e caneta;
- Camping: Lona e cobertor de emergência

Vocês puderam perceber que nesse kit eu misturei bem os itens e procurei colocar pouca coisa, além do mais, nem sempre que você for pro mato levaria tudo isso, até por que eu estou apenas colocando uma base.


O bushcraft primitivo é uma boa forma de nos conectarmos com o passado e treinarmos bem mais nossas habilidades, além disso, os equipamentos do primitivo são de fácil acesso e relativamente baratos já que você terá que adquirir bem menos itens, muitos bushcafters adotam esses equipamentos justamente para colocar suas habilidades a tona no mato, pense você, com um cantil de couro e pederneiras, o trabalho para acender a fogueira e purificar a água será triplicado, mas é isso que faz com que melhoremos, além do que, a criatividade e o conhecimento nessas horas serão testados e conforme o uso, mais essas habilidades evoluirão!






Obrigado por tudo, espero que tenham gostado da matéria de hoje, não se esqueça de compartilhar e comentar ai em baixo!


   


quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Montar E.D.C., essencial?

Olá pessoal, fazia algumas semanas que eu não postava nada, venho pedir desculpas, e já de quebra enviar mais uma postagem (hehe), e hoje o tema será E.D.C. como montá-lo? Como usá-lo? Eu preciso mesmo de um E.D.C.?







Bem galera, o E.D.C. é um kit que tem como função facilitar o seu dia a dia, te ajudar em situações difíceis, ele deve conter todo tipo de item que você usa muito no dia a dia ou  que usa regularmente, além disso o E.D.C. tem uma função digamos defensora para alguns também, até por que muitos carregam facas, spray de pimenta, arma de choque, e outros, agora eu vou colocar o que EU colocaria no meu E.D.C., lembrando que ele deve ser o mais prático possível, e também alguns itens que eu considero importantes, talvez vocês não achem, mas cada um pode fazer sua adaptação, afinal isso é apenas uma base, mas já vou avisando que meu E.D.C. é completíssimo...





Every Day Carry, montagem (Obs.: nem todos os itens listados são para se colocar em uma bolsinha, as vezes vão ter que ir espalhados pelo corpo para que fiquem mais táticos, mas isso depende de você):

- Cartão de orelhão (aqueles cartões que tem credito para telefones públicos, pois nunca se sabe...)
- Celular (até mesmo o seu serve, não importa se seja atual ou não, dês de que seja prático)
- Bússola (aquelas pequenas mesmo servem, se você encorporá-las à outros itens melhor ainda)
- Canivete Tat. Urb. (um canivete que não seja detectável e que tenha a pinça pra prender na calça, as vezes algum tipo de faca também pode ser usado, e colocá-lo no coturno é uma pedida legal, imagine a cara de alguém que vem te enfrentar e você puxa um canivete tático do seus pés "do nada")
- Canivete ou ferramenta multifunções (não preciso nem explicar por que hehehe)
- Canivete de pescoço (ah, uma lamina a mais ou a menos... não se esqueça de não ser detectável...)
- Spray de pimenta (defesa pessoal, direto na cara...)
- Revólver ou Pistóla (se tiver porte de armas!)
- Algemas (muita gente acha isso inútil para esse kit, mas pense, com as leis do Brasil vale mais matar um bandido ou apenas desarmá-lo e algema-lo e depois ligar para policia?)
- Relógio de pulso (quanto mais funções melhor)
- Isqueiro
- Caneta e papel
- Algumas barras de cereal (para manter os nutrientes por algum tempo se necessário)
- Água (sabe aqueles "cantis de pinga" que cabem no bolso, são uma alternativa que ajudam um pouco apesar de caber pouca água)
- Mini livrinho de passatempo ou livro de bolso (para passar o tempo caso esteja em uma situação tediosa, afinal o E.D.C. é pra ajudar em tudo) 
- Lanterna potente e pequena
- Sua carteira (bom, já está com você mesmo, eu considero...)
- Molho de chaves (adicionar alguns chaveiros táticos facilita também)
- Um colharfo (esse eu acho meio desnecessário... tanto é que não uso)
- Paracord (você que escolhe a metragem... um bracelete de paracord é bem útil!)
- Cartão multiferramentas
- Caneta de luta (aquelas com quebra vidro na ponta, elas vão te ajudar bem meu amigo...)
- Arma de choque (se quiser substituir pela arma de fogo também, mas escolha um potente)
- Apito tático
- Bastão de luz química (opcional...)
- Iniciador de fogo (opcional... mas recomendo muito)
-  Kit de 1º socorros (extremamente pequeno, pode ser montado naquelas latinhas a prova d'água)
- Pílulas de tratamento de água
- Abridor de latas e garrafa
- Mini mapa da sua cidade (você mesmo pode fazer!)
- Mini guia com telefones úteis (ou coloque no seu celular mesmo!)
- Pen drive
- Capa de chuva ou guarda chuva pequeno
- Flanela ou algo do tipo
- Álcool gel
- Mascara e luvas descartáveis






Eu sei que coloquei itens demais nesse E.D.C., mas como eu disse, seria completíssimo, você não precisa colocar tudo o que eu coloquei ai, mas o que você acha mais importante. Agora vou mostrar como colocar essas coisas no seu corpo para carregá-los no dia a dia.

A maioria dos itens, você pode colocar em um organizador mesmo que funciona muito bem, agora as armas você teria que usar um coldre, mas eu recomendo colocar dentro da calça (mas tem que ter porte em!). O cantil, carteira, celular cabem nos bolsos; a faca tática como eu disse antes pode ser colocado no seu calçado ou pendurá-lo na cintura de um modo que seja fácil de pegar e escondido, o spray de pimenta também deve ficar em uma área de fácil acesso, o case para ele também é bom, a lanterna é recomendável que fique no bolso para caso de apagão de repente, o canivete de pescoço fica no pescoço (obviamente hehe); para as algemas recomendo comprar o case de algemas, e a caneta também pode ficar nos bolsos, o resto vai para o organizador, eu acho melhor escolher um organizador que seja bem horizontal mesmo e que dê para ser colocado na cinta, assim ele ficará escondido o tempo todo e não chamará nenhuma atenção.


*é assim que eu recomendo que seja o organizador, esse foi retirado do site: http://www.edcbrasil.com/

Pessoal, espero que tenham gostado da postagem e que isso tenha ajudado vocês, eu passei algumas horas pesquisando itens para se colocar no E.D.C. e acho que fiz um que pode te ajudar em muitas coisas mesmo, então obrigado por tudo, por favor não se esqueça de deixar seu comentário ai em baixo!




sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

E se a água acabar?

Bom galera, hoje, venho me apresentar mais informalmente para vocês (não me levem a mal), pois venho com uma possível má notícia, tenho visto muito por ai o pessoal falando de uma possível seca... eu QUERIA chegar aqui e dizer, "ah galera, pra que se preocuparem, o governo não vai deixar que isso aconteça" mas nós sabemos que isso ai é pura ficção, e também sabemos que as chances do governo arrumar essa cagada são mais baixas que o nível atual do cantareira. Eu vim pesquisando de uns dias pra cá e posso afirmar que o que eu li não é muito positivo, eu vou tentar resumir tudo;





Bem, a primeira parte de tudo já está acontecendo, A SECA, esse é o início de talvez uma situação muito ruim, locais que abastecem grande parte da população de São Paulo estão cada vez mais secos, e que consequências isso teria? Bom, se você acha que seria só a sede (e olha que esse não é um probleminha não hein) você está muito enganado, se essa seca continuar uma série de outras cagadas vão vir, e uma em cima da outra, cada vez piores, e cada vez mais frequentes. A partir de agora eu vou esclarecer os possíveis acontecimentos que se dariam caso essa seca se alastre, eu sei que o governo ainda tem algumas "cartas na manga" como o 3º volume morto (só que não estão autorizados a usá-lo \o/) ou começar a puxar água de outros reservatórios, mas eles mesmos já disseram que ambas seriam alternativas de Curto Prazo, e o nosso amigo o Jerson Kelman, o novo presidente da Sabesp tem um recadinho para nós: "Seria irresponsabilidade olhar para frente com otimismo" "Temos que nos preparar para o pior" O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compaO material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:(((http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,sao-pedro-tem-errado-pontaria-diz-novo-presidente-da-sabesp,1617594, então vamos rezar pra que esses reservatórios encham...




Bom, acho que agora o negócio já vai esquentar mais, se o governo realmente tomar essas medidas e conseguir adiar a falta de água, (mas só adiar, e não resolver), nós vamos ver algumas coisinhas "pegarem fogo", o que eu quero dizer com isso? Olha, se o volume morto for mesmo ativado ou usar o volume de outras represas, isso seria apenas para consumo humano, as industrias e o comércio não receberiam essa água, e isso geraria por exemplo em um restaurante, uma grande merda, talvez até falência de muitos estabelecimentos, (e esse negócio de consumo humano, eu não estou brincando não galera, eu estou falando por que tenho certeza disso), e isso tudo geraria desemprego também, daí a energia iria ficar  (ops, quero dizer está ficando) cada vez mais cara e isso também traria muitas outras merdas. O que temos até agora? Seca, racionamento de água, desemprego (que gera fome), energia mais cara, e então alguns moradores já iriam  começar a abandonar a cidade para tentar uma vida melhor em outro local. Essa é a segunda fase.




E é na terceira faze que podemos começar a considerar o "caos"... imagine comigo, uma cidade com milhões de moradores, rodeada por outras cidades com mais muitos moradores, onde a violência já comia solta, é... agora vai ser letal, nessa altura do campeonato a água já seria escassa, o governo não conseguiu controlar, a energia puramente (ou quase) vindo de outros recur$o$, e com a falta de água, as industrias e comércios de portas fechadas, o desemprego se alastrando, a fome e sede se espalhando e agora um problema que poucos lembram, mas que seria um grandessíssimo problema, o saneamento básico já não funcionaria mais... Descarga? Lavar as mãos? Escovar os dentes?             N-A-D-A, sua privada parada fedendo, o chuveiro não mais funcionando, a pia então... nessa hora muitos sairiam da cidade, mas ainda muitos ficariam, a violência aumentaria a níveis alarmantes, saques, e tudo viraria uma grande merda, a quarta faze eu não vou nem citar, afinal vocês já sabem que daí em diante, se a água não voltar e tudo não ser restabelecido, vai ficar cada vez pior, mais mortes, mais sede, mais desemprego, e mais tudo de ruim que você conseguir pensar. Ah, eu nem citei uma coisa importante, bem, era só um boato: "quando há falta de água, os presídios tem que soltar os presos", olha, eu ainda não consegui a confirmação absoluta disso, mas tenho conhecidos que trabalham na penitenciaria que disseram que isso PODE SER POSSÍVEL, não quer dizer que seja, mas pense, em uma crise, sem água e sem nada, você acha mesmo que os presos iriam ficar presos? E não adianta ficar aí se convencendo do contrário; se o governo não conseguir levar essa seca atual para outro caminho esse é o futuro, eu fiz essas previsões com base em muitas pesquisas e fiz em fontes confiáveis.



  


Mas então o que faremos?? Olha, eu acho que ainda existem esperanças de que isso passa, mas também acho que vale a pena se prepararmos, ter água estocada, comida, reforçar a segurança de sua casa , tentar ser autossustentável, ter como se defender, traçar uma rota de fuga para um lugar seguro (mesmo que você não tenha um B.O.L. lá, mas que pelo menos dê para acampar), ou seja, as coisas basicas da preparação, eu recomendo que você já comece a construir um plano, se pretende ficar, o que fazer? se pretende sair, para onde? como? Se você já planejar essas coisas vai ficar bem mais fácil depois.


OBS.: Galera eu estou fazendo uma simulação baseada em pesquisas do que pode acontecer se a falta de água não for controlada e chegar a níveis críticos, recomendo a vocês a pesquisarem mais também.

Obrigado por ler essa matéria, desculpe a informalidade, espero que gostem, gastei horas e horas para fazer essa matéria para o blog, não se esqueça de comentar aí em baixo!











sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Comida, você consegue obtê-la?

Muitos de nós acabam esquecendo da importância de saber coletar comida, muitos acham que apenas um estoque pode ajudá-los, bom, realmente pode, mas até quando?
Saber como se obter a comida é algo muito importante e precisa ser levado a sério.



O estoque de comida realmente deve ser considerado, em crises temporárias esse recurso pode salvar sua vida, se misturado a um B.O.L. seguro então, melhor ainda, um estoque bem feito, bem pensado e que dure o máximo possível, um estoque bom e protegido, mas esse recurso acaba com o tempo, afinal, você não consegue estocar comida que dure 50 anos para uma família de 3 ou mais pessoas, essa comida irá acabar e você terá que arranjar outros meios para consegui-la, para isso, terá que sair da teoria...



Bom, isso nos leva automaticamente a outros assuntos, a caça, a pesca, a criação de animais, coleta de vegetais no mato e ao plantio, vamos falar um pouco de cada um, sendo o primeiro o plantio: Quando falamos de plantio, muitos vão pensar, "ah, eu tenho uma hortinha em casa com algumas coisas", mas meu caro, você acha mesmo que essa hortinha vai ajudar muito uma família em uma crise? Quando eu digo plantio é subsistência mesmo, algo mais pesado, obviamente, uma hortinha em casa já é um começo, mas nada demais, talvez quem sabe começar a plantar arvores frutíferas e verduras no seu quintal ou em um terreno? Mas isso terá uma utilidade maior se for feito junto de um estoque de alimentos, mesmo assim, essa pequena plantação ainda não pode manter você e sua família direito, então deve ser associada à caça, pesca e a criação de animais, outra alternativa muito boa seria você, em uma chácara ou no seu B.O.L. (ou onde puder fazer, que tenha acesso) é fazer uma "mini-plantação", onde você pode cultivar verduras e legumes, criar arvores frutíferas e fazer uma bela de uma horta, além de usar a caça, pesca... Esse plantio em maior porte pode sim suportar uma boa quantidade de pessoas, mas exige tempo, disposição e muito, MUITO esforço.





A caça também é extremamente importante, muitos deixam ela de lado, por dó (não conseguir matar os animais), ou por achar difícil, mas ela é extremamente importante, se você achar um bom local, ela pode te manter com comida por muito tempo, mas isso depende de muitas coisas, não é só pegar um arco e falar "vou caçar, falou!" para caçar é necessário um conjunto de habilidades, caçar com arco (ou besta) é relativamente melhor, pois essas armas matam silenciosamente e não destroem o couro do animal, mas a arma, quem escolhe é o caçador, desde que saiba usa-la, claro; outro coisa que pode ajudar na obtenção de animais são armadilhas, saber faze-las é algo realmente muito bom, mas nem sempre funcionam...saber rastrear os animais, ver por onde passaram, quais passaram também é uma habilidade muito útil e que pode facilitar o processo, ou também, um cão de caça, que eu considero como uma das melhores opções, afinal ele sozinho localiza, mata e traz a caça até você (obviamente, se for treinado para tal) ou até mesmo um falcão, esse é meio "viajado" porque aqui é meio difícil ter um falcão e treiná-lo para caçar e também deve ser caro, mas...



A pesca é outro tópico que devemos colocar tona, ela é esquecida por alguns, mas convenhamos é uma das mais fáceis de fazer... você não precisa saber o nome de todos os peixes do mundo e nem ter 400 varas de pesca ou um super radar de pesca (apesar disso ajudar), o que você precisa é ter um conhecimento básico dos peixes da sua região e saber quais são venenosos ou perigosos, e ter um equipamento de pesca, uma vara desmontável com algumas linhas, anzóis e chumbinhos, nada demais, e se achar um rio, lago, açude, riacho, ou seja lá o que for, muito provável que consiga comida!





A criação de animais apesar de precisar de um pouco mais de investimento e de tempo, é uma boa maneira de se conseguir carne, mas não se pode se apegar aos animais, nem dar-lhes nomes ou coisas do tipo para que se consiga matá-los, esse meio é muito bom, pois produz muita comida, por exemplo: criação de galinhas, nos dá ovos e carne, criação de vacas, nos dá couro, leite, carne e os chifres (possuem muitas utilidades), e muito mais.




Outra coisa que também esquecemos mas que é de muita importância é a coleta de vegetais no meio ambiente. Eu sei que esse meio não gera muita comida e tudo mais, porém ele pode te dar uns dias a mais de alimento, exemplo: "hoje é o 5 ano de crise, já estou sem comida no estoque, atacaram meu B.O.L. e levaram tudo o que tinha, estou passando fome a 4 dias, mas hoje consegui algumas plantas, acho que me darão um pouco mais de calorias e posso ir até o local x, lá arranjarei comida", nesse exemplo, mesmo que um pouco fantasioso, pode sim ocorrer, e mostra claramente que esse conhecimento pode nos ajudar, e muito em uma situação de crise, ou caso você se perca.





Mas obviamente esses meios nada lhe servirão se você não estudá-los e praticá-los, também é necessário que você saiba acender o fogo e cozinhar, que você saiba temperar os alimentos e tenha coragem de matar e limpar os animais, mas isso é assunto de outra hora.

Essa foi a 1º postagem de 2015, então, feliz ano novo! Obrigado pelas quase 1.200 visualizações no blog, eu sei que é pouco, mas para 2 meses de vida... isso me deixou muito animado, eu agradeço de coração!

Lembrando que sua opinião é de extrema importância, então não se esqueça de comentar ai em baixo o que achou, ou se eu esqueci algo, pode colocar também!

Sobrevivam!